Venha conhecer o lado dark da lenda

11 de janeiro, 2018

A Indian Motorcycle, primeira fabricante americana de motocicletas e um dos maiores ícones da indústria, estará presente pela segunda vez no Salão Duas Rodas, em São Paulo. A participação no evento, considerado o principal do setor na América Latina, reforça o compromisso da marca com o mercado brasileiro e demonstra sua confiança na evolução do segmento de motocicletas premium no país.

E com a linha de modelos 2018 recheada de novidades, um dos destaques é a família Dark Horse, composta pelos modelos Chief Dark Horse e Chieftain Dark Horse, que trazem um visual custom mais agressivo, com menos cromados.

CHIEF  DARK HORSE
O novo modelo traz a predominância do preto fosco e a redução dos cromados para conferir um design mais agressivo e moderno, com muita elegância e estilo. A mudança nas cores não se limita à pintura. Painel com fundo preto, piscas com acabamento fosco, rodas de alumínio preto brilhante e o histórico logo em cinza no tanque são itens exclusivos para a versão Dark Horse.

As linhas de design continuam elegantes e com desenho clássico, porém o preto fosco com detalhes em cinza como o histórico logo no tanque (exclusivo desse modelo), mais as rodas de alumínio em preto brilhante, trouxeram modernidade e agressividade ao modelo.

O visual inclui também o fundo do painel em preto, os piscas com acabamento fosco e o novo preto brilhante das rodas de alumínio. O banco monoposto em vinil também caracteriza esse modelo, o tornando-o inconfundível.

MOTOR
O motor é o conhecido Thunder Stroke 111. O grande V-2 de 1.811cc produz 16,4 kgfm a apenas 3.000 rpm, uma força contínua desde os primeiros giros. Para se ter uma ideia, as esportivas mais rápidas do mundo têm torque em torno de 11 kgfm.

Na prática, somando sua força a um câmbio de seis marchas, o desempenho é uma das principais características. Como ela tem muita força em baixa e médias rotações, a sexta marcha traz uma velocidade de cruzeiro surpreendente, mantendo o giro baixo. Além de sobrar performance, prevalecem as baixíssimas vibrações, outro item marcante de seu propulsor.

Dentre suas principais características estão o comando de válvulas acionado por varetas e o sistema de arrefecimento a ar e óleo. Destaque também ao trabalho macio da embreagem com engates das marchas bem mais suaves, contribuindo ao conforto tanto urbano quanto rodoviário.

Falando em conforto, o acelerador é do tipo eletrônico (ride by wire), capaz de tornar as respostas às acelerações ainda mais precisas e suaves. Graças a este sistema, foi possível dotar esta versão com um útil piloto automático (cruise-control) ideal para o uso em estradas, tornando a vida do condutor bem mais fácil em longas retas.

Mantendo sua tradição, podemos ver na parte externa de cada cilindro que os comandos de válvulas são acionados por varetas e o sistema de arrefecimento a ar e óleo. São sistemas mecânicos que dividem seu compromisso com o design. O motor, sem dúvidas, não é apenas uma parte mecânica e sim o coração da tradição dos modelos Indian.

Um detalhe especifico deste modelo é o acabamento das tampas laterais do motor e tampas de válvulas que deixam de ser cromadas para passar a ter uma pintura na cor preto fosco, predominância de cor na versão Dark Horse.

CHASSI
Mesmo com visual clássico, modernidade e tecnologia sobram no modelo Chief Dark Horse, que compartilha o mesmo chassi da versão Chief. Como as esportivas mais modernas, ela usa um quadro (chassi) totalmente em alumínio, um item que a coloca bem a frente nessa categoria. Além de contribuir para baixar o peso total da motocicleta, traz um controle de torção melhor, aumentando muito a estabilidade e melhorando a dirigibilidade em todos aspectos. Assim como o chassi, a balança também é produzida em alumínio.


SUSPENSÃO
Com largos garfos telescópicos de 46mm de diâmetro, a menor torção melhora ainda mais a estabilidade do modelo. Já na traseira, o duplo amortecedor, que também soma o visual para uma linha mais retrô, tem 11,6 mm de curso. O destaque fica para o braço oscilante feito em alumínio.

As suspensões garantem um bom curso, sem chegar facilmente ao batente final, sendo outro diferencial da Indian nessa categoria.

FREIOS E RODAS
A Chief Dark Horse tem dois discos de freio com 300mm de diâmetro na dianteira e pinças com quatro pistões cada, além de sistema ABS. Utiliza rodas em liga leve na cor preta aro 16 na dianteira e traseira com pneus Metzeler Marathon Ultra, com as respectivas medidas de 130/90-16 e 180/65-16.

INSTRUMENTAÇÃO
O painel da Chief Dark Horse é multifuncional. Além do fundo preto com dois hodômetros para viagem, conta giros digital, marcador de temperatura, combustível, consumo médio, marcha e relógio. E o acionamento de qualquer um desses controles é feito por comandos no punho esquerdo, sem tirar a mão do guidão. As novidades são os novos controles de guidão com desenho mais ergométrico e dimensional mais acessível, além da nova função de lampejador de farol, muito útil para a sinalização do piloto. O modelo ainda é equipado com sistema de partida sem chave através do sensor de presença em que é possível dar a partida por botão, contando com um controle remoto com novo design.

ESTILO DARK
Além de todas as características técnicas que diferenciam as motocicletas da Indian, em termos de design, é evidente a herança histórica da marca incorporadas neste modelo. No caso da Dark Horse ela está equipada com um assento “solo” em vinil, tanque de combustível com logo icônico em cinza exclusivo nesta versão, lanterna traseira e setas com acabamento em preto fosco, assim como retrovisores, controles, guidão, carenagem do farol, bengalas, indicadores de direção, e o Indian War Bonnet - iluminação auxiliar em LED instalado no para-lamas dianteiro - presente nos modelos Indian desde o início do século passado.

O capricho por parte da Indian pode ser notado em inúmeros detalhes, a começar pelos cabos elétricos embutidos no interior do guidão – tornando o aspecto visual mais limpo e bonito na região dos controles e painel. Outros destaques são as pedaleiras do tipo plataforma com sistema de amortecimento e a carenagem frontal, ambas na cor preto fosco.